quarta-feira, 20 de julho de 2016

SSP visita obras e participa em Tubarão do projeto Dia de Ação de Governo

Florianópolis (20.07.2016) – Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, cumpriu agenda de trabalho nesta quarta-feira, 20, em Tubarão, Sul do Estado, onde participou da primeira edição do Dia de Ação de Governo. Pela manhã, Grubba e comitiva estiveram na sede da Polícia Militar e visitaram as obras de expansão da Central Regional de Emergência (CRE) e a nova sede do Instituto Geral de Perícias (IGP), obra prevista no programa Pacto por Santa Catarina.

A expansão da CRE prevê a ativação de 12 câmeras de vigilância, ação realizada pela SSP em parceria com a Prefeitura Municipal. No total foram investidos R$ 95.489,14. Já as obras do núcleo do IGP de Tubarão seguem o seu cronograma. A obra, de dois pavimentos, está sendo construída na Rua Jaime Aguiar de Souza numa, área de 560,16 m². O investimento é de R$ 513.534,35 e 66% deste valor já foi executado e pago. Os recursos são do Fundo de Melhoria da SSP e a previsão de conclusão é agosto próximo.

A tarde a comitiva esteve na sede do Corpo de Bombeiros Militar e visitou a nova sede da Circunscricional de Trânsito (CIRETRAN) de Jaguaruna. “O local anterior não oferecia boas condições de trabalho e com a nova locação, feita pela SSP, é mais funcional e espaçosa”, explicou o Secretário.

Ainda no Sul, Grubba conheceu a Delegacia de Polícia da Comarca de Gravatal, reinaugurada em março último após a substituição do telhado. A obra foi executada pela empresa Construtora TS Ltda ao custo de R$ 31.826,43, recursos do Fundo de Melhoria da SSP.

Finalizando o roteiro, o Secretário e comitiva estiveram em Capivari de Baixo e visitaram as obras de expansão da Central de Videomonitoramento Urbano com a ativação de 10 câmeras de vigilância. O projeto é uma parceria da SSP com a Prefeitura Municipal com investimentos na ordem de R$ 85.122,64.

Dia de Ação do Governo
O projeto Dia de Ação de Governo, desenvolvido a pedido do governador Raimundo Colombo pela Secretaria de Assuntos Estratégicos, vinculada à Casa Civil. O objetivo é aproximar o governo central às demais regiões do Estado, disseminando a descentralização e compartilhando informações com as pessoas e entidades municipais, e ao mesmo tempo conhecer novos anseios de cada localidade.


As próximas edições estão programadas para 24 de agosto, 28 de setembro, 26 de outubro e 24 de novembro. A edição de dezembro ainda não tem data prevista.

A comitiva era formada pelo Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel PM, Paulo Henrique Henn; Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel BM Onir Mocellin; Delegado Geral Adjunto, Delegado Marcos Ghizoni; Diretor Geral Adjunto do IGP, Perito Rodrigo Tasso; Diretor de Planejamento e Avaliação da SSP, Rafael Pinheiro, Diretor Administrativo Financeiro da SSP, Carlos Thives, e Gerente de Perícias do Interior do IGP, Perito André Farias.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Aberta seleção de pessoal para atuar no CTISP - Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública

Florianópolis (19.07.2016) - A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informa que está aberto o processo seletivo prévio para contratação de policiais militares da reserva remunerada interessados em integrar o CTISP (Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública). Os candidatos selecionados serão designados para atuar no Complexo Administrativo da Segurança Pública, em Florianópolis.

O local de trabalho será a nova sede localizada na Avenida Ivo Silveira, região continental da Capital. Estão sendo oferecidas 20 vagas.

A escala de trabalho será organizada em turnos de 12 horas alternadas (dia sim, dia não), diurno e noturno, com complementação até o limite de 40 horas semanais.


Os interessados poderão enviar inscrição/currículo para o e-mail assessoria@ssp.sc.gov.br

segunda-feira, 18 de julho de 2016

SSP participa em Tubarão do projeto Dia de Ação de Governo nesta 4ª-feira, dia 20

Florianópolis (18.07.2016) – Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, participa nesta quarta-feira, dia 20, em Tubarão, da primeira edição do Dia de Ação de Governo. Trata-se de um projeto desenvolvido a pedido do governador Raimundo Colombo pela Secretaria de Assuntos Estratégicos, vinculada à Casa Civil.

Além do Secretário da Segurança, outros dirigentes visitarão as sedes de Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) – cada Secretário visitará uma agência, onde poderá conhecer obras, escolas, hospitais e outras instituições comunitárias.

O objetivo é aproximar o governo central às demais regiões do Estado, disseminando a descentralização e compartilhando informações com as pessoas e entidades municipais, e ao mesmo tempo conhecer novos anseios de cada localidade.

No roteiro está previsto a visita ao projeto de expansão do programa Bem-Te-Vi de Videomonitoramento Urbano de Tubarão, hoje funcionando com 12 novas câmeras, a nova sede do Instituto Geral de Perícias, obra em construção com previsão para ser entregue em agosto próximo. O Secretário também vai visitar obras em Jaguaruna, Gravatal e Capivari de Baixo.

A comitiva da Segurança Pública é formada pelo Comandante Geral da Polícia Militar, Delegado Geral da Polícia Civil e Diretor Geral do Instituto Geral de Perícias.

A ideia inicial é que cada um dos secretários e presidentes de autarquia ou empresa pública visite seis regionais no decorrer deste ano. O roteiro em cada cidade será preparado pela Agência Regional, após elaboração de diagnóstico das regiões, elencando as principais demandas.

As primeiras edições estão programadas para 20 de julho, 24 de agosto, 28 de setembro, 26 de outubro e 24 de novembro. A edição de dezembro ainda não tem data prevista.

Para a edição desta quarta-feira, dia 20/07, já está confirmada a seguinte escala:

ADR de Araranguá recebe o presidente do Badesc, José Caramori;
ADR de Brusque recebe o secretário de Assuntos Estratégicos, Cesar Souza;
ADR de Criciúma recebe o secretário de Educação, Eduardo Deschamps;
ADR de Dionísio Cerqueira recebe o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini;
ADR de Ibirama recebe o secretário da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli;
ADR de Itajaí recebe o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick;
ADR de Joinville recebe o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello;
ADR de Lages recebe o secretário de Infraestrutura, João Carlos Ecker;
ADRs de Taió e Rio do Sul recebem o secretário de Assistência Social, Geraldo Althoff;
ADR de Timbó recebe o secretário da Agricultura e Pesca, Moacir Sopelsa;
ADR de Tubarão recebe o secretário de Segurança Pública, César Grubba;
ADR de Videira recebe o presidente da Epagri, Luiz Hessmann.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Primeiro semestre fecha com redução de latrocínios e aumento de homicídios

Florianópolis (15.07.2016) - Números divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), revelam que Santa Catarina registrou queda no número de latrocínios (roubos seguido de morte) e aumento no número de homicídios dolosos no primeiro semestre de 2016 na comparação com o mesmo período de 2015.

De 1º de janeiro a 30 de junho foram registrados 445 assassinatos, contra 385 em 2015, uma variação de 15,6%. Já os latrocínios tiveram queda de 30%. Foram 43 casos em 2015 contra 30 em 2016.  Também houve redução nos crimes de lesão corporal seguida de morte, pessoa morta por policial civil e policial militar em serviço.

Em 188 cidades de Santa Catarina a taxa de homicídios é ZERO, ou seja, não houve registro de assassinato nestas cidades.

A taxa de homicídios no Estado fechouno primeiro semestre a marca de 6,7 mortes intencionais por grupo de 100 mil habitantes, ou seja, abaixo da chamada zona de epidemia, classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) quando há dez ou mais homicídios por 100 mil habitantes/ano. A taxa de homicídios no Brasil é de 27 para 100 mil habitantes.

Das 13 cidades catarinenses com população acima dos 100 mil habitantes, apenas uma - Itajaí – registrou taxa 100 superior a 10 mortos por cada grupo de100 mil. Em Itajaí o semestre terminou com a taxa de 10,1. As outras 12 cidades têm taxa inferior a 10.

De acordo com o Secretário César Augusto Grubba, o quadro geral em Santa Catarina apresenta números bem distanciados da realidade nacional, o que tem colocado nosso Estado em permanente condição de destaque.

Grubba também destaca o trabalho das forças de segurança no combate aos crimes contra a vida e o patrimônio. Neste primeiro semestre foram instaurados 61 autos de prisão em flagrante (APFs), 132 procedimentos policiais contra autores de tentativa de homicídio, 606 
“A forças de segurança atuaram fortemente sobre áreas de risco e exerceram papel fiscalizador determinante no combate aos crimes”, disse o secretário.

Ainda segundo Grubba, o objetivo é preservar a posição privilegiada de SC como Estado com menores índices de violência do Brasil, figurando nas últimas posições do ranking de taxa 100 de homicídios (número de homicídios por grupo de 100 mil habitantes), comentou.

Os crimes ocorreram com mais intensidade na região Norte, 115 no total. Na sequência vem o Vale do Itajaí, com 106 registros;Grande Florianópolis, 72; seguido do Oeste, com 64;  Sul, com 62; e Planalto com 26 homicídios.

Ainda sobre homicídios, o Secretário César Grubba, destaca que dos 445 homicídios dolosos ocorridos no primeiro semestre, a maioria das vítimas possuía antecedentes criminais e os autores também têm passagens policiais.

Nos índices de homicídio, cerca de 65% das vítimas possuem antecedentes criminais e em cerca de 70% desses casos o histórico tem a ver com tráfico ou uso de drogas. Mesmo percentual repete-se em relação aos autores de crimes, também invariavelmente identificados com passagens pregressas de prisão por tráfico e roubos.

- O fenômeno da reincidência delitiva é fator preponderante para o aumento dos crimes de homicídios”, completa o secretário.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Leilão no norte do estado reúne veículos de cinco municípios da região e arrecada mais de R$ 500 mil

Florianópolis (14.07.2016) - A Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC realizou nesta quarta-feira, 13, em Joinville, o 12º leilão do ano, onde foram vendidos veículos apreendidos e retirados de circulação nos municípios de Joinville, Mafra, Canoinhas, Porto União e Três Barras. Sob o comando da leiloeira Taísa Raquel Carvalho foram vendidos 655 lotes, sendo 157 para circular e 498 sucatas, o que garantiu uma arrecadação de R$ 576.150,00, que serão disponibilizados conforme a Lei 13.160/15.

O leilão iniciou com a venda dos lotes para circular, aqueles referentes aos veículos que têm direito à documentação, transferência e podem voltar às vias públicas. Na sequência, foram leiloadas as sucatas de carros e motos, aquelas sem direito à documentação, que são entregues “baixadas”, para uso exclusivo de revendedores de peças, e que são vendidas somente para empresas, que atuam no ramo de veículos.

Os lances são de R$ 50 em R$ 50 até os R$ 500, a partir daí, os lances são de R$ 100 em R$ 100. O pagamento é feito através de depósito identificado na conta bancária informada pelo leiloeiro, até 24 horas após o fim do leilão.

Júlio César da Silva, empresário de Araucária, no Paraná, disse que sempre participa dos leilões do Detran/SC em busca de boas oportunidades, o que tem encontrado. Ele ressalta que também vem atraído pela ótima organização durante e após o evento. “Aqui encontro uma agilidade muito grande no processo todo, desde a entrega dos veículos, da documentação e a baixa dos débitos. A distribuição do número de veículos em cada lote é outro diferencial”, frisou o empresário.

Os próximos leilões serão realizados em Chapecó (20/7), Criciúma (3/8) e São José (10/8). O calendário completo está disponível no site do Detran/SC, bem como as fotos dos veículos integrantes dos certames, que podem ser visualizadas no endereço eletrônico, www.detran.sc.gov.br, em Leilão – Projeção de Leilões.

SSP recebe visita protocolar do Cônsul da Argentina em Florianópolis

 Florianópolis (12.07.2016) - Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba recebeu na tarde desta terça-feira, 12, a visita protocolar do Cônsul da Argentina em Florianópolis, Gustavo Coppa que estava acompanhado do seu adjunto, Octavio Croce.
   
No encontro foram tratados assuntos de interesse comum entre o Estado e a Argentina como, por exemplo, o convênio de cooperação e a parcerias que o Estado mantém com aquele país, como por exemplo, a participação dos policiais argentinos na Operação Veraneio.

O diplomata anunciou que está em estudo à ativação de um escritório consular no oeste do estado, região que tem recebido um número cada vez maior de turistas argentinos que acabam fixando residência. Outra novidade, que também está em estudo, é ampliação das atividades do Consulado em Florianópolis não apenas na alta temporada.

Ao final do encontro o secretário presenteou o diplomata com um livro sobre a Guerra do Contestado e em troca recebeu uma obra literária sobre a História do Vinho Argentino.

Participaram do encontro o Gerente de Relações Institucionais da Diretoria de Integração da SSP, delegado Ilson Silva e os assistentes do secretário, Delegado de Polícia Márcio Fortkamp e Tenente Coronel PM Luciano Pinho.

terça-feira, 12 de julho de 2016

CEL realiza prensagem do primeiro lote de veículos judiciais em Joinville

Florianópolis (12.07.2016) - Começa nesta quinta-feira, 14 de julho, em Joinville, a prensagem/amassamento de 470 veículos com restrições judiciais, considerados inservíveis, que ocupavam dois pátios: um licitado e um espaço público denominado “Pátio Legal”. Após a compactação serão geradas aproximadamente 350 toneladas. O projeto executado pela Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC, com a parceria do Poder Judiciário e Ministério Público, tem o objetivo de dar uma destinação apropriada a veículos que estão nos depósitos há anos, causando problemas de saúde pública e contaminação do solo, dentre outros fatores sociais e econômicos.

Essa é a fase final de um trabalho que iniciou há três meses com a provocação do Poder Judiciário, por intermédio do Delegado Regional de Joinville. Passados os trâmites burocráticos, dia 8 de junho começou a parte prática, o processo de descontaminação dos veículos, que consiste na retirada do combustível, óleo do motor, extintor de incêndio e bateria de cada item, individualmente. Por fim, toda a ação se concretiza com a compactação, que érealizada por uma empresa licitada, através de contrato de prestação de serviços firmado com a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

A maioria dos veículos estava nos pátios há mais de dez anos, muitos totalmente corroídos e destruídos pela ação do tempo, tão desgastados que o simples fato de transportá-lospara a retirada do combustível, dentre outros, faz com que se despedacem. Outros estavam cobertos de folhagens e raízes.

“Com essa medida contribuímos para o combate de possíveis focos de mosquito, de proliferação de doenças, preservação do solo de contaminação com produtos derivado do petróleo, bem como propiciamos o esvaziamento dos pátios e a consequente abertura de vagas para veículos que se encontram estacionados em áreas públicas por falta de espaço nos depósitos, trazendo benefícios para toda a sociedade”, frisou o Delegado Adalberto Safanelli, membro da Comissão de Leilão e responsável pela execução do projeto.

Para o Delegado Regional de Joinville, Akira Sato, essa ação é excepcional e essencial para solucionar um problema antigo, a superlotação dos pátios e arredores das delegacias, além de contribuir para a preservação da questão ambiental, de saúde pública e vigilância sanitária.

Em visita ao “Pátio Legal”, o Juiz de Direito e Diretor do Fórum de Joinville, Maurício Povoas ficou impressionado com o número de carros e motos existentes no local. Disse que esses veículos, até determinado momento, servem como prova para os processos, mas depois podem ser liberados para que seja dada uma destinação a eles. “Essa é uma iniciativa sensacional da Comissão de Leilão. É triste ver os carros chegarem a essas condições. O problema tem que ser resolvido o mais breve possível em todas as comarcas do Estado”, ressaltou o juiz.


A execução do projeto é possível através do Plano de Trabalho de Cooperação firmado entre Poder Judiciário, Secretaria de Estado da Segurança Pública e Ministério Público do Estado de Santa Catarina, executado pela Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC.