sexta-feira, 24 de junho de 2016

Quadrilha presa em Joinville atuava em todo o país em arrombamento a caixas eletrônicos

Florianópolis (24.06.2016) - Foram transferidos na manhã desta sexta-feira, 24, para o Espirito Santo, a quadrilha desarticulada pela Divisão de Roubos e Antisequestro da DEIC (Diretoria Estadual de Investigações Criminais), responsável por inúmeros crimes de arrombamento de caixas eletrônicos com uso de furadeira eletromagnética em todo Brasil nos últimos 12 meses.

Os três criminosos são suspeitos do envolvimento em inúmeros crimes nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Espirito Santo, Paraná, Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Santa Catarina. Muitos dados ainda não foram analisados, podendo haver vários outros Estados. A quadrilha foi presa no dia 17 de junho, em suas casas em Joinville.

Segundo o Delegado Anselmo Cruz, da Divisão de Roubos e Antisequestro da DEIC, as investigações se iniciaram após a quadrilha ter realizados quatro ações criminosas no Espirito Santo:

As apurações foram realizadas com o cruzamento de dados e imagens de suspeitos através ações integradas com outras unidades da Policia Civil do Brasil, devido a atuação interestadual da quadrilha.

Somente no Estado do Espirito Santo, os crimes resultaram no prejuízo aproximado de um milhão de reais, sendo solicitado o bloqueio judicial do patrimônio dos investigados, que possuíam elevado crescimento patrimonial com a aquisição de veículos de alto valor (BMW, AZERA, LAND ROVER,) além de residências de luxo.

A quadrilha agia da seguinte forma:
1. Partes dos seus integrantes se dirigiam aos Estados onde praticariam os crimes por meio de voos comerciais, um integrante seguia de veículo, e outros ficavam em Joinville/SC, fornecendo a logística necessária aos demais, como o envio de equipamento e compra de materiais usados para ação criminosa.
2. Os arrombamentos eram se iniciavam nos Estados do Nordeste do Brasil, e em seguida seguiam para o Sul do País, em locais previamente definidos.
3. As escolhas das agências eram feitas pela internet, havendo preferência pelas cidades menores, sem câmeras de videomonitoramento pela região.
4. A quadrilha sempre escolhia basicamente caixas eletrônicos de dois modelos, dos quais detinham conhecimento técnico para arrombarem fazendo uso de sua técnica por meio da furadeira.
5. Em média praticavam três ações criminosas por mês.
Após a identificação dos principais integrantes da quadrilha, foram decretadas as prisões de:

            1) JOSÉ ROBERTO CORREA, nascido em 25/02/1976, natural de Joinville/SC;
2) JACSON LUIS DOS SANTOS, nascido em 18/08/1988, natura de Curitiba/PR;
3) CRISTIANO BERNADO DE SOUZA, nascido em 28/10/1974, natural de Joinville/SC.

Em poder de José Roberto a polícia apreendeu uma furadeira idêntica as encontradas nas agências do Espirito Santo, além de uma roupa idêntica a utilizada por um criminoso durante um arrombamento de caixa eletrônico na cidade de Ponta Grossa, Paraná, no mês de maio de 2016, evidenciando a participação da quadrilha neste crime.

Também foi encontrado com José Roberto um mapa do Espírito Santo com marcações nas cidades de Linhares, Sooretama, Jaguaré, São Matheus e Conceição da Barra, possivelmente locais onde a quadrilha iria agir novamente no ES.

Foram cruzados os dados das investigações, inclusive de passagens aéreas, com ocorrências de crimes de arrombamento de caixas eletrônicos com uso de furadeira eletromagnética em todo Brasil nos últimos 12 meses, sendo constatados as suspeitas do envolvimento dos investigados em inúmeros crimes nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Espirito Santo, Paraná, Rio Grande do Norte, Ceará Bahia e Santa Catarina. Muitos dados ainda não foram analisados, podendo haver vários outros Estados.

Com as diligencias realizadas em SC foi possível identificar a pessoa que fornecia as furadeiras para quadrilha e o indivíduo responsável por prestar o suporte operacional.


Apenas uma instituição financeira teve prejuízos em torno de 16 milhões de reais em doze meses, decorrente de ações similares às praticadas pela quadrilha.Os furtos de caixas eletrônicos ocorrido em outros estados com a participação da quadrilha serão comunicados para que sejam adotadas as providencias para responsabilização criminal dos infratores.

Inaugurada as instalações da Seção de Atividades Técnicas (SAT) do Corpo de Bombeiros Militar de Antônio Carlos

Florianópolis (24.06.2016) – Foi inaugurada na manhã desta sexta-feira, 24, a nova unidade da Seção de Atividades Técnicas (SAT) do Corpo de Bombeiros Militar de Antônio Carlos, na Grande Florianópolis. A antiga estava estabelecida em uma sala dentro da Prefeitura Municipal e agora passa a contar com sede própria.

O espaço foi cedido pela prefeitura municipal de Antônio Carlos e seus 185m² de área total foram ampliados e reformados com recursos do convênio entre o Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) e a prefeitura municipal, num investimento de R$ 99.990,00 mil.

A obra foi executada com o objetivo de trazer para a comunidade a melhoria no atendimento dos serviços de prevenção contra incêndios. O serviço de atividades técnicas prestado pelo CBMSC tem como finalidade prevenir a possibilidade da ocorrência de incêndios, e colocar à disposição dos usuários das diversas edificações da cidade, sistemas e equipamentos que possibilitem o primeiro combate a incêndios, bem como a manutenção da segurança das pessoas que utilizam aquele local.


Acompanharam o descerramento da placa inaugural das novas instalações da SAT o Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba; Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel BM OnirMocellin;  Subcomandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Cel BM Flavio Rogerio Pereira Graff; Chefe do Estado-Maior Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Cel BM EdupércioPratts; Comandante da 1ª Região de Bombeiros Militar, Coronel BM Cesar de Assunpção Nunes; Comandante do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, Tenente Coronel BM Alexandre Corrêa Dutra; Prefeito Municipal de Antônio Carlos, Antonio Paulo Remor; Prefeito Municipal de Biguaçu, Ramon Wollinger;  além de autoridades civis e militares.

Leilão arrecada R$ 633 mil em Balneário Camboriú

Florianópolis (24.06.2016) - A Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC realizou nesta quarta-feira, 22, no Centro Comunitário Casa da Sogra, em Balneário Camboriú, o 10º leilão do ano, onde foram vendidos veículos apreendidos e retirados de circulação nos municípios de Balneário Camboriú, Camboriú, Porto Belo, Itapema, Tijucas, Imbuia e Vidal Ramos. Sob o comando do leiloeiro Rodolfo Schontag, foram vendidos 578 lotes, sendo 147 para circular e 431 sucatas, o que garantiu uma arrecadação de R$ 633 mil, que serão disponibilizados conforme a Lei 13.160/15.

Os valores arrecadados são utilizados para quitar os débitos que os veículos leiloados possuíam com o estado (licenciamento, IPVA, seguro obrigatório e multas); com o município (multas); bem como com os pátios permissionários das prefeituras onde os veículos estavam depositados.

O empresário Márcio Rogério da Silva viajou 450 km de Campos Novos até Balneário Camboriú para comprar 10 sucatas de carros. Ele diz que sempre participa dos leilões do Detran/SC em busca de boas oportunidades e atraído pela organização e agilidade na entrega das mercadorias nos pátios, além do cumprimento do prazo de baixa dos veículos.


Os próximos leilões serão realizados em Pomerode (6/7), Joinville (13/7) e Chapecó (20/7). O calendário completo está disponível no site do Detran/SC, bem como as fotos dos veículos integrantes dos certames, que podem ser visualizadas no endereço eletrônico,www.detran.sc.gov.br, em Leilão – Projeção de Leilões.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

SSP realiza reunião de trabalho para tratar do Plano Plurianual – 2016-2019 - (PPA)

Florianópolis (23.06.2015) – A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) realizou na tarde desta quinta-feira, 23, reunião de trabalho que tratou da Gestão do Plano Plurianual 2016-2019 - PPA e atividades para Construção do Perfil Institucional da Segurança Pública, sob a coordenaçãoda Diretoria de Orçamento da Secretaria de Estado da Fazenda.

O Plano Plurianual é o instrumento de planejamento governamental de médio prazo, previsto no artigo 165 da Constituição Federal, e estabelece diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública para um período de quatro anos, organizando as ações do governo em programas que resultem em bens e serviços para a população.

O PPA é o instrumento que integra o universo das políticas com o universo orçamentário e financeiro.
A reunião de trabalho teve a participação de Diretores e Gerentes, bem como dos responsáveis pelos Setores de Planejamento, Orçamento e Finanças da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). 

A reunião foi coordenada pelo Tenente Coronel PM Gilberto da Silva, da Diretoria de Planejamento e Avaliação da SSP, que falou sobre os desafios e metas para os próximos três anos. “Nosso grande desafio é realizar uma gestão técnica e eficiente do PPA 2016-2019 com a participação de todos os gestoresda segurança pública, especialmente na revisão dos programas e subações construídas em 2015, focando na efetiva prestação de serviços de qualidade aos cidadãos catarinenses, buscando o cumprimento dos objetivos e metas estabelecidos, dentro das reais disponibilidades orçamentárias e financeiras do estado”, afirmou.


A Segurança Pública atua em todo território catarinense, estando em 1.144 unidades, sendo 10 unidades administrativas da SSP, 450 quartéis da Polícia Militar, 360 Delegacias de Polícia Civil, 40 núcleos do IGP, 120 quartéis do Corpo de Bombeiros Militar e 86 unidades do DETRAN. Além disso, conta com 17.567 agentes da segurança pública ativos e tem como missão: Prestar serviços integrados e eficientes que promovam ambientes seguros para o exercício das liberdades individuais e coletivas, a proteção da vida, do patrimônio, do meio ambiente, visando proporcionar qualidade de vida à sociedade.

Comitiva de Videira é recebida em audiência na SSP

Florianópolis (23.06.2016) - O Secretário Adjunto da Segurança Pública, delegado Aldo Pinheiro D’Ávila, recebeu em audiência na manhã desta quarta-feira, 22, comitiva de Videira. A pauta do encontro foi o pedido de aumento do efetivo no município diante do grande número de ocorrências envolvendo crimes como assaltos à mão armada e furtos. A intenção é que a secretaria destine mais policiais civis e militares para o trabalho de prevenção e de captura dos autores destes delitos.

Pinheiro se comprometeu em dar uma atenção à reivindicação e anunciou que no final deste ano o município já terá novos policiais que estão em fase de treinamento. De momento, a medida mais breve seria a relocação de efetivos na região. “O Estado teve uma perda de 30% do efetivo militar nos últimos anos, passando de treze para dez mil servidores em pouco tempo”, disse.

A comitiva era formada pelo secretário da Agência de Desenvolvimento Regional de Videira (ADR), Euro Vieceli; presidente da seccional da OAB de Videira, Fernando Drey e seu vice, Luiz Mário Bratti; presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola, Vilson Giazzoni e o deputado Natalino Lázare (PR).

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Governador Colombo inaugura prédio do Centro de Formação de Praças em Florianópolis

Florianópolis (22.06.2016) - O governador Raimundo Colombo inaugurou nesta quarta-feira, 22, o novo prédio do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), em Florianópolis. A nova estrutura recebeu o nome de Pavilhão Tenente Fernando Raulino e fica no Centro de Ensino da PM, no Bairro Trindade. Também participaram do ato o Secretário de Estado da Segurança Pública, César Grubba e o Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm.

“Nós criamos um espaço de aperfeiçoamento e de valorização de todos os nossos profissionais. Ao reconhecer a força da nossa Polícia Militar, sua honra, sua tradição e sua glória, nós ficamos mais fortes e mais determinados na luta de vencer as dificuldades do momento presente, para que a gente possa continuar dando prioridade a nossa segurança como a sociedade quer, em favor do fortalecimento da nossa instituição”, destacou Colombo.

O governador também deu as boas-vindas aos novos policiais militares que iniciaram o curso de formação. “Vocês vão assumir uma imensa responsabilidade, de continuar honrando essa instituição, bem como a todos os seus membros que fizeram e fazem a história dessa corporação”.

A nova estrutura foi construída em uma área de 2,6 mil metros quarados, no lugar no antigo prédio de madeira, e tem capacidade para 560 alunos. Conta com quatro pavimentos, 14 salas de aula, área administrativa para comandos de pelotões, secretarias e sargenteações. O local recebeu investimentos do Fundo de Melhoria da Polícia Militar de R$ 4,5 milhões.

“A sociedade sempre cobra da Polícia Militar, profissionais com mais qualificação e diante disso nós temos que ter estruturas adequadas, o que vem ao encontro de uma melhor segurança. Vai trazer para corporação benefícios enormes, como economia. Antes estávamos em instalações modestas e muitas vezes, algumas delas, cedidas ou alugadas”, disse o comandante.


O local recebeu o nome do oficial em razão do antigo prédio que havia no local, onde ocorriam as aulas do curso de formação de oficiais, já tinha o nome do 2º Tenente Fernando Raulino. Foi homenageado por ter sido morto durante demonstração de tiro real das armas de uma divisão de infantaria, para alunos oficiais da Escola de Aperfeiçoamento do Exército, no Rio de Janeiro, em maio de 1949.

Centro de Ensino da Polícia Militar inaugura novo pavilhão

Florianópolis (21.06.2016) - Nesta quarta-feira (22), às 13h45, será inaugurado no Centro de Ensino da Polícia Militar, o novo pavilhão do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). A solenidade contará com a presença do governador Raimundo Colombo, o secretário de Segurança Pública, Cesar Grubba, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm.

O novo pavilhão, que leva o nome “Tenente Fernando Raulino”, possui 2.653,72m² de área construída, com 14 salas de aula, cada uma com capacidade para 40 alunos, totalizando 560 alunos. O valor total investido foi de R$ 4.470.289,26, provenientes do Governo do Estado.


O pavilhão recebeu o nome de “Tenente Fernando Raulino”, pois no local onde foi construído havia um antigo prédio de madeira de 1963, já com o nome do oficial.

Natural de Florianópolis, o tenente Fernando Raulino nasceu em 30 de maio de 1916, e ingressou na Força Policial Catarinense em 18 de maio de 1934, como soldado. Foi aluno da primeira turma do Curso de Sargentos, e em janeiro de 1946 recebeu a promoção de subtenente. Logo foi selecionado para cursar a escola profissional da Polícia Militar do Rio de Janeiro, na época Capital da República, onde a Polícia Militar Catarinense formava seus oficiais.

A poucos meses de concluir o curso, no dia 18 de maio de 1949, durante exercício de tropas do Exército no campo de manobras de Gericinó, o subtenente morreu ao ser ferido quando eram disparados tiros de morteiro e uma das granadas explodiu ao deixar o tubo. Assim como ele, vários militares foram mortos.