quarta-feira, 18 de maio de 2016

Orleans e Grão Pará são contemplados com Centrais de Videomonitoramento

Florianópolis (18.05.2016) - Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, concluiu nesta quarta-feira, 18, as inaugurações das Centrais de Videomonitoramento Urbano (CVU) no sul do Estado. A primeira, pela manhã, foi ativada em Orleans. Em seguida, Secretário e sua comitiva partiram para Grão Pará, onde também foi inaugurada uma CVU.

A Central de Orleans, que comporta 10 câmeras de segurança, custou R$ 220.586,44, teve R$ 116.599,82 dos seus recursos designados pelo Estado e, R$ 103.986,62, foi uma contrapartida da Prefeitura municipal.

Já, a obra de Grão Pará custou R$ 159.191,82, e foi concluída através de uma parceria entre SSP e Prefeitura Municipal. A Secretaria entrou com recursos de R$ 84.229,65, já a Prefeitura, R$ 74.962,17. Diferente de todas as outras centrais inauguradas esta semana, que contêm 10 câmeras, a de Grão Pará recebeu 6.

Todas as câmeras instaladas no Estado são padrão Full HD com transmissão digital por fibra ótica no Estado e, o investimento total das cinco obras, incluindo o Complexo de Segurança de Sombrio, foi de R$ 1.659.920,75. Hoje Santa Catarina conta com 147 centrais de videomonitoramento urbano, 2.370 câmeras de vigilância instaladas em 117 municípios.


Para o Secretário Grubba, “essa tecnologia é uma aliada muito importante na defesa do cidadão. Estatísticas comprovam que onde há câmeras, a criminalidade reduz”. Ele esteve acompanhado, em todos os eventos, de autoridades municipais e representantes dos comandos regionais da Segurança Pública

terça-feira, 17 de maio de 2016

Complexo de Segurança em Sombrio e mais duas CVUs, em Cocal do Sul e Lauro Muller, são inauguradas

Florianópolis (17.05.2016) - Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, inaugurou nesta terça –feira, dia 17, o Complexo de Segurança de Sombrio, onde funcionará o Instituto Geral de Perícias (IGP). No mesmo espaço também será ativado, em breve, o posto de atendimento da Circunscricional Regional de Trânsito (Ciretran). No mesmo dia, foram inauguradas oficialmente também mais duas Centrais de Videomonitoramento Urbano (CVU), a primeira em Cocal do Sul, seguida de Lauro Muller.
O Complexo de Segurança de Sombrio, primeiro inaugurado, é um prédio de dois pavimentos, com área total de 703,34 m², sendo que 351m² comportam o IGP. Este, inclusive, contará com: 01 perito criminal; 02 papiloscopistas; 04 estagiários do Programa Novos Valores; 06 Colaboradores junto aos Postos de Identificação das Prefeituras de Balneário Gaivota, Jacinto Machado, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul e São João do Sul.

Dentre os serviços disponibilizados pelo IGP, estão a expedição de carteiras de identidade, cerca de 423 mensalmente, serviços de identificação por retrato falado, realizado pelo Papiloscopista João Batista Colares, realização de perícias em locais de crimes contra a vida, em locais de crimes contra o patrimônio, identificação de fraudes em veículos automotores, exames em armas e munições e perícias em documentos, além de serviços do Instituto Médico Legal, uma vez que a nova sede contempla um consultório médico para a realização de exames de lesões corporais. Peritos Médicos Legistas de outras unidades se deslocarão para atender realizar exames de lesões corporais. Para ativar toda a estrutura, foram investidos RS 838.969,61. A obra iniciou em maio de 2014 e foi concluída em novembro de 2015. A empresa responsável pela construção é “Camilo & Ghisi Ltda”.

As inaugurações das CVUs aconteceram no período da tarde, a iniciar por Cocal do Sul. A Central, ativada oficialmente no Quartel da Polícia Militar do município, teve um custo de R$ 220.586,44, sendo que R$ 116.599,82 são provenientes da SSP, e a contrapartida da Prefeitura, é de R$ 103.986,62.

Lauro Muller, também foi contemplada com sua CVU, orçada e executada exatamente nos mesmos valores da anterior, inclusive investimentos da SSP e Prefeitura.

Segundo o Secretário Grubba, até o final desse ano, mais da metade dos municípios catarinenses estará com cobertura do sistema de videomonitoramento. “Seguimos com a missão e o desafio de ampliarmos o nosso efetivo, de investirmos em equipamentos e nosso material humano para proteger o cidadão catarinense com a qualidade que ele exige e merece”, afirma.


Nas inaugurações, Grubba esteve acompanhado de autoridades municipais e representantes dos comandos regionais da Segurança Pública. Amanhã, 18, mais duas CVUs serão inauguradas, a começar por Orleans e, em seguida, Grão Pará. 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

SSP inaugura Complexo de Segurança de Sombrio e ativa mais quatro centrais de videomonitoramento

Florianópolis (13.05.2016) - Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, cumpre agenda de trabalho no Sul do Estado a partir da próxima terça –feira, dia 17 quando irá inaugura o Complexo de Segurança de Sombrio, onde funcionará o Instituto Geral de Perícias (IGP). No mesmo espaço também irá funcionar o posto de atendimento da Circunscricional Regional de Trânsito (Ciretran), que será ativado em breve.

A agenda prevê ainda a ativação de mais quatro Centrais de Videomonitoramento Urbano (CVU). As cidades que receberão o sistema de câmeras de vigilância são Cocal do Sul, Lauro Muller, Orleans e Grão Pará.

Ao todo, serão instaladas mais 36 novas câmeras padrão Full HD com transmissão digital por fibra ótica no Estado e, o investimento total das cinco obras foi de R$ 1.659.920,75. Grubba estará acompanhado de autoridades municipais e representantes dos comandos regionais da Segurança Pública.


Hoje no Estado são 143 centrais de videomonitoramento urbano com 2.334 câmeras de vigilância instaladas em 113 municípios.

Sétimo leilão do ano é realizado em Brusque

Florianópolis (13.05.2016) - A Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC realizou nesta quarta-feira, 11, na Sociedade Beneficente e Recreativa Santos Dumont, em Brusque, o sétimo leilão do ano. No evento, comandado pela leiloeira Simone Wenning, foram vendidos 747 lotes, sendo 200 para circular e 547 sucatas, referentes aos veículos apreendidos e retirados de circulação nos municípios de Brusque, Itajaí, Navegantes, Ilhota e Luís Alves, o que garantiu uma arrecadação de R$ 771.850,00.

Os valores arrecadados são utilizados para quitar os débitos que os veículos leiloados possuíam com o Estado (licenciamento, IPVA, seguro obrigatório e multas); com o município (multas); bem como com os pátios permissionários das prefeituras onde os veículos estavam depositados.

Terminado o evento, a equipe da Comissão Estadual de Leilão, atuando como agente fiscalizador do processo, continua na região acompanhando os trabalhos de inutilização de chassis e motores e de destruição das placas em cada um dos pátios que participaram do certame, em cumprimento à Resolução 331/09/CONTRAN.


Os próximos leilões serão realizados em Lages (18/5), São José (15/6) e Balneário Camboriú (22/6). O calendário completo está disponível no site do Detran/SC, bem como as fotos dos veículos integrantes dos certames, que podem ser visualizadas no endereço eletrônico, www.detran.sc.gov.br, em Leilão – Projeção de Leilões.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Governo do Estado autoriza nomeação de 486 policiais civis

Florianópolis (12.05.2016) - O Governador Raimundo Colombo autorizou para 1º de junho a nomeação de 486 novos policiais civis aprovados em concurso público, de 2014. São 66 Delegados de Polícia e 420 Agentes de Polícia. O curso terá início em julho, com duração de 22 semanas o que corresponde a cinco meses e meio, e terão aulas de defesa pessoal, noções de direitos humanos e técnicas operacionais, entre outros, na Academia da Polícia Civil (ACADEPOL), em Canasvieiras, na Capital.

A informação foi oficializada nesta quinta-feira (12), pelo Secretário de Estado da  Segurança Pública, César Augusto Grubba. “Este é mais um ato importante da Segurança Pública mostrando a preocupação do Governo na área que representa uma das maiores demandas do Estado”, afirma.


De acordo com o Delegado Geral da Polícia Civil, Artur Nitz, após a conclusão do curso, os novos policiais serão encaminhados para as 30 regiões policiais do Estado. “Os critérios de escolha serão feitos por questões técnicas e de necessidade de efetivos”, explica.

Segundo o Delegado, a Segurança Pública terá um ganho significativo com a nomeação destes novos profissionais.

SSP recebe em audiência representantes dos sindicatos do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo

Florianópolis (12.05.2016) - O Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, recebeu em audiência na tarde desta quarta-feira, dia 11, diretores do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipetro) e representantes de outros três sindicatos da categoria. Em pauta as ocorrências policiais registradas nas revendas, com destaque para os casos de roubo, furto e arrombamento e medidas para amenizar este quadro.

O Secretário reconheceu preocupação com os furto/roubos em revendas de combustíveis e lojas de conveniências, mas lembrou que no comparativo com outros anos o número de ocorrências apresenta redução. “Em 2015 foram registrados 52 casos durante todo o ano, e este ano estamos com 20 ocorrências”. Ele justifica esta redução com o trabalho operacional e blitzen com foco definido em grupos suspeitos. 

O Secretário também pediu o empenho dos empresários em trabalhar em parceria com os órgãos de segurança. O delegado Geral Adjunto, Marcos Guizoni, por exemplo, lembrou que a instalação das câmeras de vigilância foge do padrão e acaba dificultando a identificação dos criminosos. “As câmeras não estão em locais estratégicos, como os pátios das revendas. Os empresários precisam rever essa situação”, disse Guizoni.


Já os empresários mostraram-se dispostos a manter a política de parceria e contribuir com o trabalho da Segurança Pública. Participaram da audiência o Sub-comandante Geral da PM, e respondendo pelo Comando Geral da PM, Coronel João Henrique Silva e os representantes dos sindicatos da categoria. 

quarta-feira, 11 de maio de 2016

IGP identificada ossada de pessoa desaparecida há 3 anos

Florianópolis (10.05.2016) - A Secretaria de Estado da Segurança Pública, por meio do IGP (Instituto Geral de Perícias) recentemente identificou vítima, cuja ossada, periciada no setor de medicina legal do Núcleo Regional de Perícias de Itajaí, era de um cidadão procurado por seus familiares desde 2013. As informações provenientes do estudo da ossada foram enviadas aosetor de genética forense do Instituto de Análises Forenses do IGP (DNA IAF) e, após investigação da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil (DPPD) foi possível concluir o processo investigativo.

A solução deste caso é reflexo do trabalho desenvolvido pela SSP, que nos últimos anos, vem implementado medidas de relevância para aumentar a localização e o reencontro de pessoas desaparecidas, além de diminuir o número de cadáveres sem identificação estabelecida. A criação da DPPD, da DNA IAF e o fomento ao setor de antropologia forense do Instituto Médico Legal do IGP são essenciais para a dissolução destes fatos.

De acordo com o Médico Perito Legista e Diretor do IML/IGP/SSP, Rodinei Cassio BrickiTenorio, o número de identificações tende a aumentar à medida que os bancos de dados vão sendo alimentados com as informações das vítimas e dos familiares. Sendo assim, divulgação da existência destes serviços para a população é fator de igual importância para o êxito pretendido.

Para Tenorio, o desaparecimento de pessoas é questão social e policial de relevância. “O tema está visceralmente ligado ao encontro de cadáveres de pessoas sem identificação estabelecida. Identificá-los é tarefa árdua notadamente quando os despojos estão reduzidos a “ossadas”. O êxito só vem com o trabalho multiprofissional da polícia judiciária e da perícia criminal oficial”, afirma ele.